NOTÍCIAS

Marcelli Vieira e Márcio Quaresma guiam o Serra Macaense nos bastidores

03, Out de 2018

No dia a dia de qualquer pessoa, a burocracia está implícita em um detalhe ou outro, em situações mais abrangentes ou nem tanto. Em um clube de futebol não é diferente, mas justamente para evitar transtornos com regras, legislações, documentos e toda possibilidade de erros, as agremiações contam com profissionais especializados nesta área. No Serra Macaense, conhecido por sua gestão profissional, não é diferente. O Departamento Jurídico é conduzido pela advogada Marcelli Vieira, já o Departamento de Registros e Transferências é administrado por Márcio Quaresma Carvalho. Ambos os profissionais comungam do mesmo espaço, a fim de estarem alinhados nos assuntos pertinentes às pastas, atentos às novidades, focados na prevenção de eventuais transtornos e aptos a colocar em prática o conhecimento adquirido.

 

“O Departamento de Registro e Transferência é de suma importância para o desenvolvimento de qualquer clube de futebol. Sem ele não teríamos atletas aptos a participarem das competições, pois é onde tudo se inicia. Depois das escolhas dos atletas que farão parte do elenco pelo Departamento de Futebol é aqui que tudo se desenvolve para deixarmos cada profissional em condição de jogo e à disposição dos treinadores de cada categoria”, afirma Quaresma.

 

De forma minuciosa, o trabalho exige muita concentração, atenção aos prazos e regulamentos de cada competição, pontos cruciais para o desenvolvimento das atividades.

 

“Um vacilo qualquer poderá acarretar perdas irreparáveis e jogar um planejamento por água abaixo. Com relação as transferências Internacionais o processo é mais complexo e trabalhoso, pois deixamos de depender somente de nossos esforços e passamos também a depender da abertura de janela de transferência, que ocorre duas vezes por ano. Quanto aos atletas e dirigentes, que muitas vezes se encontram do outro lado do Mundo, precisamos alinhar e deixar tudo ajustado, sendo construído em conjunto com os demais envolvidos”, admite o administrador.

 

Para o processo ser completo e poder dar entrada nas entidades de registros, a análise contratual é de suma importância, papel de Marcelli., que no próximo dia 23 completa um ano na agremiação.

 

“A meu ver, ao estruturar e dar importância para essa área específica, com segurança jurídica, o Clube vem crescendo a passos largos e experimentando os resultados de uma gestão profissional e qualificada. O meu dia a dia se define bem quando falamos em redigir e analisar contratos, bem como assessorar e orientar de forma preventiva os outros departamentos, Diretoria Executiva e Presidência. As responsabilidades são enormes, mas a certeza e a satisfação dos resultados positivos, de ver o Serra Macaense galgando novos rumos de forma correta, são motivos suficientes para mergulhar nesse projeto”, aponta.