Os meias do Verdão

Por Assessoria de Comunicação
03, Set de 2020 -
11:54


foto: Eduardo Araujo/Serra Macaense,Divulgação e Arquivo Pessoal

A música diz que o meio-campo leva o time todo para o ataque. Tudo, a bem da verdade, faz parte de uma engrenagem. Para 2020, o Serra Macaense tem neste momento em seu grupo cinco meias à disposição do técnico Luiz Felipe. Experiência e juventude se misturam, com atletas recém chegados e outros oriundos da base do Verdão. Em uníssono, o coro de elogios ao treinador da equipe e a convicção de que será um grande ano para a equipe. Confira o que disseram os atletas, após os primeiros dias de trabalhos presenciais e contato com os companheiros que disputarão posição no onze inicial.


“Cheguei ao Serra Macaense, através do presidente Rodrigo dos Santos. Estávamos conversando fazia tempo, acertamos os detalhes esse ano e acabei vindo. Tenho uma expectativa muito boa, o grupo está entrosando e acertando os detalhes. Confio muito nesse grupo e tenho certeza de que vamos chegar longe na competição. O Professor Luiz Felipe é um cara gente boa, muito focado e dedicado no que quer, compramos a ideia dele e temos certeza de que as coisas vão dar certo. Uma honra trabalhar com ele”, resumiu Rafinha, que estava no São Bernardo e tem passagens por Avaí e Chapecoense.


Prata da casa, Mateus Cirilo foi um dos destaques do time sub-20 em 2019. Alçado ao profissional, após empréstimo ao Fluminense, carrega expectativa de uma grande temporada.


“Minha expectativa é muito boa, mesmo sabendo que o começo será bem desafiador. O Serra Macaense pode surpreender na competição e estará em busca do melhor desempenho do Clube no campeonato. O trabalho com o Luiz Felipe está sendo muito proveitoso e produtivo, a equipe vem evoluindo bastante com as aplicações do treinador”, afirmou.


Heitor surgiu no Campos, onde conquistou um acesso com a equipe local. Após chegar ao Serra Macaense, treinou com o elenco sub-20, mas foi chamado para compor o grupo profissional neste ano de 2020.


“A expectativa é muito boa, o grupo está trabalhando demais e estamos muito unidos, com a certeza de que vamos chegar forte para fazer um grande campeonato e conquistar nossos objetivos. Tem sido bom demais, o Luiz Felipe é um treinador muito tranquilo, que nos ajuda bastante e os treinos estão sendo muito produtivos. Tenho certeza de que vamos colher bons frutos lá na frente”, apontou.


Em termos de tempo, Guilherme é quem tem mais anos de Verdão. O jogador chegou para o sub-15, comandado pelo atual auxiliar técnico do profissional, Fabiano Mourinho. São quatro anos defendendo as cores do Serra Macaense, onde já foi capitão e artilheiro em sua categoria.


“Sou muito grato ao Serra Macaense por ter a oportunidade de demonstrar o meu talento. Minha expectativa é alta, por saber que o grupo é muito forte e unido. Somos uma família e um ajuda o outro. Mesmo com as dificuldades, o grupo luta para passar por cima de tudo. Estou muito confiante que o profissional do Serra conseguirá chegar no objetivo traçado. O Luiz Felipe é um treinador e tanto, me ajuda muito e dá conselhos. Um dos melhores treinadores que já vi, o trabalho dele e excelente e abençoado”, relatou.


Jogador da cidade, Biel, que também atua mais à frente, com os atacantes, reforça o envolvimento de todo o grupo na disputa por posição e na busca dos objetivos do Clube.


“A disputa está muito interessante, sadia, são todos meias de muita qualidade, que se respeitam. Estamos trabalhando muito forte, quem entrar vai dar conta do recado. É um Clube muito organizado, com pessoas sérias, uma comissão técnica excelente, então estou convicto de que teremos um grande ano”, finalizou. 

Por Assessoria de Comunicação
03, Set de 2020 - 11:54


Veja mais notícias
Av Nossa Senhora da Glória, 1365
27920-360 - Macaé, Rio de Janeiro, Brasil

+55 22 2773-5880



Copyright 2020® - Serra Macaense Futebol Clube