Presidente Rodrigo dos Santos faz balanço de 2021

Por Diego Carvalho
30, Dez de 2021 -
15:43


foto: Eduardo Araujo/Serra Macaense

O ano do Serra Macaense foi de importantes conquistas, tanto dentro, quanto fora de campo. Ainda em período de Pandemia, o que acarretou decisões distintas, adiamento de torneios e começo de trabalho, a diretoria do Verdão manteve boa parte de seu planejamento para 2021, investiu em novas frentes e culminou a temporada com resultados positivos. Para o presidente Rodrigo dos Santos, aniversariantes deste dia 30 de dezembro, o presente está nas metas atingidas.


“Primeiramente, como presidente, estou bem feliz com o resultado de uma forma macro. O Clube atingiu grandes resultados na temporada. Nosso marketing, por exemplo, tivemos números bastante expressivos, nossas Redes Sociais cresceram significativamente, com engajamento, que é importante, fruto de um trabalho que fizemos e estamos realizando com ênfase e profissionalismo.  Um dos grandes acertos do ano foi a implantação da TV Serra, onde temos mais de duas mil pessoas inscrita no canal, saindo do zero há três meses, e que é fundamental para captação de recursos através das transmissões, muito também pela Lei que permite os clubes mandantes comercializarem seus jogos. Isto faz com que a marca dos nossos parceiros alcance números efetivos de visualizações ao longo das partidas”, expôs.


Outra questão colocada pelo mandatário foi o importante ano de receitas do Verdão, com diversas negociações de ativos do clube para outras agremiações.


“A gente alcançou resultados muito expressivos, na qual atingimos nossa meta, em posicionar 10 atletas de categorias de base em clubes grandes, alcançamos números com profissionais, com 14 jogadores em clubes grandes, que podem trazer ali na frente resultados financeiros para o Serra Macaense. Posicionamos quatro atletas entre 18 e 19 anos em grandes clubes do Brasil. Fruto do resultado de campo, que facilitou na ativação do Departamento de Negócios do Serra Macaense. Sem contar algo que foi muito importante para este processo, a realização da primeira grande venda do Clube, o Mateus Babi, para o Athletico/PR, proporcionando que a implementasse várias coisas que estavam em nosso planejamento estratégico, como a construção da academia, do departamento médico, fisioterapia, além de investir em nossos profissionais, permitindo que o clube crescesse um pouco mais para 2022. A gente sempre faz algo melhor que o ano anterior e isso nos deixa feliz”, garantiu.


Dentro de campo, o Verdão teve uma participação que entusiasmou no grupo profissional, mas infelizmente bateu na trave pelo acesso. Já no Sub-20, taça no armário.


“Na parte desportiva chegamos na final profissional do segundo turno e só não jogamos a final da competição porque perdemos nos pênaltis a vaga. Montamos uma equipe bem competitiva, tivemos chances do acesso até o fim. Não foi esse ano, mas buscaremos em 2022, para subir para a A2. Nosso Sub-20 foi muito expressivo. Eliminamos Fluminense, jogamos de igual para igual contra o Botafogo no Torneio OPG, saímos por detalhe, mas fomos campeões na Taça Waldir Amaral. Todo esse resultado de dentro de campo reflete nos resultados do Departamento de Negócios após o término das competições. Posicionamos 10 atletas da Sub-20 para disputar a Taça São Paulo de Futebol Júnior em outras equipes, no profissional conseguimos empregar todos os jogadores titulares e a maioria dos atletas que também estavam no elenco terão as oportunidades em outros times para a disputa de diversos estaduais no país. Isto demonstra que fizemos um grande trabalho e com tudo isso estamos preparando para o próximo ano, porque atletas que não forem negociados, retornam ao Serra Macaense e formam a base do elenco para 2022”, detalhou.


Além disto, dois novos projetos tornaram-se a ‘menina dos olhos’ do presidente. A formação do Departamento de Futebol Feminino e a criação dos Núcleos de Futebol do Serra Macaense, com projetos que envolvem o lado social e o lado competitivo.


“Uma outra estratégia que nos trouxe grandes resultados foi o futebol feminino. Participamos oficialmente pela primeira vez de um campeonato da categoria adulto e sub-18, com resultados expressivos, jogando de igual para igual com outros clubes, exceto, claro, os times grandes do Rio de Janeiro. Fizemos uma competição com menos de 60 dias de preparação. O futebol feminino agregou muito ao Serra Macaense em relação à marca, engajamento com a população de Macaé, visibilidade, participação de torcida. Estamos bem satisfeitos com o que alcançou neste começo o futebol feminino e sabemos que só prosperará. E acarretou também com um grande negócio, porque pela primeira vez em nossa história fizemos uma transação de uma atleta. A goleira Maria, com idade Sub-20, mas atuando em nosso profissional, depois de grande destaque, foi adquirida pelo Internacional, abrindo portas para outras jovens também. Isto engradece muito o trabalho”, apontou.


“Outro projeto do clube que vem cada dia mais crescendo e mostrando que tomamos a decisão certa foi a implantação dos nossos núcleos sociais. O de Campos de Goytacazes, que é de alto rendimento, está demonstrando o seu valor, com muitos meninos se destacando, indo para clubes grandes. Todos que foram para times maiores, terminaram o ano de forma sólida dentro de suas categorias, com participações importantes em suas equipes, o que demonstra que o trabalho do núcleo vem dando um resultado desportivo fantástico. Nosso núcleo social de Macaé, que atende um número considerável de crianças, na qual o Fabiano Mourinho vem fazendo um trabalho fantástico com estes jovens, e teremos resultados em breve, com certeza, pois já estamos monitorando estes meninos para irem aos clubes. E o trabalho do professor Fabiano precisamos elogiar, porque é fantástico, o trabalho social dele levando nossa marca dentro da cidade. Me sinto feliz em poder ajudar neste processo de inclusão em algo que pode fazer a diferença na vida delas”, finalizou.



Por Diego Carvalho
30, Dez de 2021 - 15:43


Veja mais notícias
Av Nossa Senhora da Glória, 1365 - 201/202
27920-360 - Macaé, Rio de Janeiro, Brasil


Copyright 2022® - Serra Macaense Futebol Clube