Quem são os atacantes do Verdão?

Por Assessoria de Comunicação
08, Set de 2020 -
19:50


foto: Eduardo Araujo/Serra Macaense e Arquivo Pessoal

O setor ofensivo do Serra Macaense está representado para 2020 com peças caseiras e reforços com experiência no exterior para a disputa do Campeonato Carioca – Série B1. Nas extremas, antigos ponteiros, jogadores de lado, estão Ramonzinho, Igor Paim, Cuero, Renato Rui e Matheus Bastos. Prata da casa, natural da cidade, Ramonzinho iria para o Equador no começo da temporada. Dada a pandemia, permaneceu no país e viu desfeito o intercâmbio. Assim, terá mais uma temporada defendendo as cores do Verdão. Experiente no Clube, entende que será um ano vitorioso.


“Espero que possamos ir muito longe nesse campeonato. Estamos trabalhando muito forte para isso, para brigar pelo acesso. A expectativa é muito boa de todos, individualmente estou me dedicando ao máximo para ajudar o Clube da melhor maneira possível. Os treinos estão bastante produtivos e a disputa no setor muito boa, com jogadores de muita qualidade, com vontade de vencer”, destacou.


Apresentado recentemente, Cuero só terá condições de jogo a partir de 13 de outubro, mas elogiou os colegas e se mostra integrado com o grupo.


“Estou muito contente, o trabalho é excelente, estamos treinando da melhor maneira. Sei que tenho que esperar um tempo para poder atuar, mas estou convicto que meus companheiros irão dar seu melhor e exercer um bom papel. Quando tiver a chance de estrear, quero poder demonstrar também meu futebol, para entregar meu melhor”, apontou.


Oriundo da base do Figueirense, Igor Paim é catarinense e recentemente estava na Espanha. Antes atuou no Uruguai, pelo Rampla. Aos 22 anos, o atleta traz essa bagagem internacional e aponta o intuito de conquistar seu espaço, além do acesso.


“Os treinos estão competitivos e bastante intensos. Isso nos prepara muito bem para o Estadual. O grupo é formado por diversos jovens com vontade de vencer e isso é bom para o crescimento de todos. A disputa por posição é sadia e quem ganha é o Serra Macaense. Estamos evoluindo dia a dia para chegar ao nível máximo e lutar pelo objetivo principal que é o acesso”, afirmou.


Destaque no sub-20 em 2019, Renato Rui foi emprestado ao Botafogo, onde atuou nas categorias de base e retornou agora para o profissional do Verdão. Mais jovem atacante do plantel, quer fazer história na temporada.


“Cheguei ao Serra em 2017, quando ainda tinha 17 anos. Sou o mais novo dentre os atacantes, mas isso não quer dizer nada, porque estou na disputa de igual para igual com todos. O (técnico) Luiz Felipe sempre frisa que vai jogar quem estiver em melhor momento e eu estou brigando, claro que de maneira sadia, com respeito, pelo meu lugar. A expectativa é boa pra esse ano, mas precisamos fazer acontecer, para que não fique apenas na expectativa, mas sim vire realidade o acesso para a Série A”, revelou.


Mateus Bastos também estava no Botafogo. O jogador é oriundo das categorias de base alvinegra e demonstra confiança no projeto do Serra Macaense.


“Minha expectativa é muito boa. Vamos fazer o melhor possível pelos nossos objetivos. A qualidade de todos ajuda individualmente para crescemos e isso é fundamental. O trabalho está sendo muito produtivo com o professor Luiz Felipe, um cara fantástico. Confio muito nesse projeto”, assegurou.

Por Assessoria de Comunicação
08, Set de 2020 - 19:50


Veja mais notícias
Av Nossa Senhora da Glória, 1365
27920-360 - Macaé, Rio de Janeiro, Brasil

+55 22 2773-5880



Copyright 2020® - Serra Macaense Futebol Clube